Vida longa à Martin

Se tem uma coisa que chateia George R. R. Martin é os fãs perguntarem quando ele vai terminar de escrever a continuação das crônicas do Fogo e Gelo. O medo dos leitores é que o autor morra antes de terminar a saga. Numa entrevista, em 2014, o autor foi claro.

“Francamente, acho bastante ofensivo quando as pessoas começam a especular sobre a minha saúde e a minha morte. Então quero que essas pessoas se f****”, disse, levantando o dedo do meio para reforçar sua opinião. -> Vídeo aqui <-

Enquanto alguns autores ficam chateados com isso, para Stephen King esse assunto está bem resolvido. O autor da série A Torre Negra, que acabou de estrear nos cinemas, não se incomodou quando fãs dos livros se preocuparam com o destino da saga logo após o autor sofrer um acidente de carro.

Eu estava com um amigão meu quando soubemos que Stephen King tinha sido atropelado. Rapaz, começamos a balançar a cabeça e a dizer “lá se vai a Torre, está se inclinando, está caindo, ahhh, merda, agora ele nunca vai termina-la”

Esse depoimento de um fã foi publicado pelo próprio Stephen King, na Introdução do livro “O Pistoleiro”. A Torre Negra foi um projeto que durou 33 anos (1970 – 2003) para ficar pronto. O próprio Stephen entende que as pessoas precisavam saber como a história iria terminar.

Entretanto, durante esses 33 anos, Stephen King escreveu outros livros. Nesse período, recebeu cartas do mundo inteiro. Entre elas, uma senhora de 82 ano que queria saber como a história terminaria, pois teria no máximo mais 14 meses de vida. Já um rapaz com câncer terminal prometeu levar a história para o túmulo caso o autor contasse o destino do Pistoleiro Roland.

Infelizmente, nenhum desses pedidos foi atendido. O próprio Stephen King não sabia como a história do Pistoleiro acabaria.

“Para saber eu tenho que escrever”, disse.

Já Robert Jordan, criador da saga A Roda do Tempo, não teve a mesma sorte de King. O autor morreu em 2007 antes de terminar o último livro da saga de 14 livros. Mas Jordan se assegurou que os fãs da série conheceriam o final da história, pois não queria que os fãs fossem profanar em sua sepultura – brincava o autor. Para a alegria dos fãs A Roda do Tempo vai virar série de TV, em 2016 a viúva de Jordan anunciou que a Sony comprou os direitos dos livros.

Conheci os livros de Jordan em 2002, por meio do jogo The Wheel of Time, lançado em 1999 pela Legend Entertainment e desde então virei fã da saga. Lembro que aos 15 anos enviava e-mail para a Rocco, a Sextante e outras editoras pedindo que comprassem os direitos e lançassem a saga aqui no Brasil. Enfim, ninguém respondeu, mas fã tem dessas coisas, a gente se preocupa,  julga e reza pra que o autor não morra antes de terminar a saga.

Vida longa Martin!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *