A ilha

A ilha_POSTER _CS5-01

“É seu passarinho?, Will perguntou.

“Os mainás são como a luz elétrica”, ela disse. “Ninguém é dono deles.”

“Por que ele diz essas coisas?”

“Porque ensinaram essas coisas pra ele”, ela respondeu pacientemente. Que burro!, ficava implícito em seu tom.

“Mas por que ensinaram essas coisas pra ele? Por que ‘atenção’? Por que ‘aqui e agora’?”

“Bom…” Ela buscava as palavras certas para explicar àquele estranho idiota o que era evidente por si. “Essas não são as  coisas que a gente sempre esquece? Quer dizer, a gente esquece de prestar atenção ao que está acontecendo. E isso é o mesmo que não estar aqui e agora.”

Esse livro é aquele tipo difícil de esquecer, li há 8 anos e ainda consigo lembrar das passagem do jornalista Will, pela ilha de Pala— O ‘A ilha'(1962), foi o último livro escrito por Aldous Huxley que morreu em 1963. Nesse romance o autor criou uma ilha utópica, um mundo ideal, espiritualizado, cheio de referências ao budismo e hinduísmo, tema de interesse do autor no final de sua vida. — Quem já leu Admirável mundo novo (1932) vai sentir uma grande diferença, pois a ilha de Pala é o oposto da sociedade descrita em um dos livros mais famosos do autor. Controle dos nascimentos, uso do Soma, tudo isso vai contra a vida em Pala— O livro foi escrito pós guerra, e traz grandes referências aos acontecimentos da época: ditadores, consumo desenfreado, bomba atômica, a tenção da guerra fria. — pensando aqui, não sei se vejo tanta mudança do que estamos vivendo agora—

— Quem está esperando um livro de ação, com uma grande história de amor, um personagem apaixonante… não vai encontrar em ‘A ilha’, mas  a filosofia do livro é fantástica, os diálogos são sensacionais, uma mensagem forte e vem com uma esperança final. E é isso que faz d’A ilha um Best.—

Recomendações do Best Não Tão Seller:

Leiam Admirável mundo novo, pensem que houve uma guerra mundial entre a publicação de um livro e do outro, e depois leiam A ilha.

A ilha – Aldous Huxley
Editora: Editora Globo
3ª edição

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *