O livro Os Imortalistas

E se alguém te dissesse o dia da sua morte? Como você viveria a sua vida? Você acreditaria? Mudaria alguma coisa? Aproveitaria ao máximo?

Em “Os imortalistas” a autora Chloe Benjamin conta a história dos irmãos Simon, Klara, Daniel e Varya. Na infância, as crianças conhecem uma vidente que prevê o dia em que cada um morrerá. A revelação transforma a vida das crianças que passam a acreditar e a viver sob a sombra de uma morte anunciada.

“Vejo a morte como a última falta de controle. É assustador pensar que você constrói uma vida e que ela pode ser arrancada de você a qualquer momento. ”

CHLOE BENJAMIN


A princípio o livro parece um conto fantasioso mas a história se desdobra nos dramas pessoais de cada personagem e em como o encontro com a vidente mudou os planos de vida de cada um dos irmãos Gold. Os imortalistas nos leva a um labirinto de questionamentos sobre as escolhas dos personagens e por vezes nos faz crer que se os irmão não soubesse o dia da morte tudo seria diferente.

Curiosidade:

O nome do livro “imortalistas” vem dos adeptos do sistema de crença Imortalismo, que tem como base o desejo de escapar da morte física ou adiá-la. Há dois tipos de imortalistas: os esotéricos que tem a crença na infinitude da alma e os científicos que estudam o adiamento da morte e acreditam que será possível tanto como a inteligência artificial e as viagens interestelares.


É Best porque:

Além de bem escrito, o livro conta a história de uma família judia que vive nos Estados Unidos na década de 70 até o dia de hoje. Os rituais religiosos, a cultura e ensinamentos da família Gold deixam as histórias ainda mais interessantes. Um diferencial bacana do livro é que ele se passa em diversas partes do país, de São Francisco, Vegas, Nova York.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *